PSI MÓDULO 3 - INTERELAÇÃO DA PSICOLOGIA COM SAÚDE

OBJETIVO DA DISCIPLINA

-  Descrever a importância da Psicologia para a análise do comportamento humano no trânsito e as consequências desse comportamento;

-  Conhecer drogas lícitas e ilícitas e a relação entre seu uso e os acidentes que ocorrem no trânsito;

- Analisar as principais doenças mentais relacionadas com os atores que atuam no  trânsito de veículos;
  • Por R$ 985,71
    em até 12x de R$ 98,97

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

- COMPORTAMENTO DO CONDUTOR NO TRÂNSITO
1.    Definição de comportamento e de comportamento desviante;

2.    Possíveis causas sociais e familiares para comportamento desviantes;

3.    O comportamento de pessoas e as modificações de comportamento quando condutoras de veículos;

4.    O comportamento do jovem no trânsito;

5.  Promover uma discussão acerca dos comportamentos desviantes dos condutores, quais as suas consequências e impactos na família e na sociedade.

- PSICOFARMACOLOGIA
1.    Drogas Psiquiátricas (Indicação, tempo de reação, efeitos colaterais, alteração do comportamento);

2. Drogas utilizadas por caminhoneiros (Indicação, tempo de reação, efeitos colaterais, alteração do comportamento);

3.   Drogas que impossibilitam o motorista de conduzir veículos.

- PSICOLOGIA APLICADA AO TRÂNSITO

1.    O conceito psicológico de sujeito;

2.    O significado do carro no imaginário popular;

3.    A relação carro x velocidade / condutor x pedestre / pedestre x condutor;

4.  O ser humano e suas diversas interações no contexto do trânsito;

- SAÚDE MENTAL NO TRÂNSITO

1.    A Saúde Mental no mundo: perspectivas;

2.    A organização da assistência em Saúde Mental;

3.    A rede de atenção à Saúde Mental;

4.  Saúde Mental e o Trânsito. Promoção da saúde e prevenção de acidentes no trânsito

SOBRE A DISCIPLINA

No módulo “Interelação da Psicologia com a Saúde do Condutor” os alunos tomarão conhecimento de como drogas lícitas e ilícitas atuam nos condutores de veículos e sua relação com o número alarmante de acidentes que ocorrem no trânsito.

Aprenderão também a interpretar doenças mentais que interferem na capacidade de seus portadores conduzirem veículos automotores.

E a importância do envolvimento de psicólogos tanto na preparação como na avaliação da aptidão de candidatos ao uso da CNH e ainda nas várias etapas de renovação da autorização para dirigir veículos.